terça-feira, 9 de outubro de 2012

Candidatos emporcalham a Escola Rural Municipal de Canhembora em Morretes

A Escola R. M. de Canhembora também fica numa comunidade rural de Morretes chamada Candonga, distante 17 km do centro da cidade. Fica longe da Estrada do Anhaia, porém a escola do Canhembora encontra-se em situação bem semelhante às escolas de Rodeio e Anhaia, que os leitores já puderam conhecer aqui no nosso blog. Nessa localidade não existe coleta seletiva de lixo, fato que deveria ser encarado com mais seriedade e cuidado pelos candidatos, antes de jogarem aleatoriamente seus santinhos, poluindo toda a área. Mesmo quando os moradores separam os materiais recicláveis do lixo orgânico, como não existe a coleta, o material é levado pela coleta tradicional (sem separação). Gostaria que os leitores do nosso blog lessem o post da Professora Anecy Oncken e a situação que ela encontrou a escola após as eleições.

"Atualmente, a preocupação com o meio ambiente vem se tornando cada vez mais primordial e com apenas alguns simples atos, pode-se fazer uma grande diferença para o planeta. E que a educação ambiental é a ferramenta mais importante para esse crescimento sustentado e deve ser enraizado na rotina escolar e na educação infantil. E, consequentemente, na maioria dos adultos também. Só que os candidatos a cargos políticos não pensam assim, ou não tiveram, enquanto estudantes, contatos com os ensinamentos de Educação Ambiental, ou se esqueceram. Na minha opinião, educação se dá pelo meio de exemplos, e infelizmente ao chegar na escola, hoje, me depara com muitos santinhos ao seu redor, me sinto ofendida, pois os candidatos, literalmente, jogam por água abaixo, todo esforço que o professor faz em sala de aula. Como explicar, aos alunos, que os futuros representantes do Poder Legislativo e Parlamentares agem assim, pensando em si próprio, que na ânsia de ganhar a eleição, passam por cima de toda ética de cidadania e respeito ao meio-ambiente. (...) Deixo aqui minha revolta por saber que candidato que joga santinho nas ruas não respeita a cidade que ele quer administrar por quatro ou oito anos.  

Vejam as imagens da situação da escola encontrada após as eleições:





Leia o texto na íntegra da Professora Anecy

Nossa sugestão é que os próprios candidatos promovam um mutirão para fazer a limpeza do colégio, ao invés de deixar a sujeira causada pelos santinhos de lembrança para os moradores, para os alunos e para a professora Anecy. Com um pedido bem convincente de desculpas. No mínimo.


Atualização em 12/10/2012

A professora Anecy publicou mais um post contando sobre o ato de vandalismo cometido contra a Escola Rural Municipal de Canhembora após as eleições. Um artigo foi publicado no Blog Livros & Afins sobre o ocorrido.

0 comentários:

Postar um comentário