quarta-feira, 25 de abril de 2012

Editora Estronho de BH visita Biblioteca Comunitária Sítio Vanessa em Morretes

Marcelo Amado e Celly Borges da Editora Estronho de Belo Horizonte visitaram o Sítio Vanessa no dia 24/04/2012, em Morretes. Eles vieram participar do Bate-Papo Literário organizado pela Biblioteca do Sítio Vanessa, realizado na Escola Rural Municipal de Anhaia, com a participação de 54 crianças, alunas das duas escolas rurais localizadas na Estrada do Anhaia e professoras. Essa foi a primeira vez que uma editora esteve presente na Estrada do Anhaia, num evento para os alunos das escolas rurais. Os autores conheceram os moradores, e também passaram o dia no Sítio Vanessa, onde almoçaram com as professoras e os colaboradores da biblioteca. Também conheceram os locais mais bonitos do Sítio, e conheceram o trabalho de preservação do meio-ambiente que o Edemilson faz por lá. 

Edemilson Pereira com o casal Marcelo e Celly da Editora Estronho. Eles vieram trazer doações de livros para ajudar a incrementar o acervo da Biblioteca Comunitária Sítio Vanessa

O casal da Editora Estronho no Sítio Vanessa

Estronhomóvel

Marcelo e Celly mostram ao Edemilson os livros de literatura fantástica da Editora Estronho e a pilha de livros que eles arrecadaram  de seus próprios acervos e trouxeram para doar para a Biblioteca do Sítio Vanessa

A Celly Borges também trouxe várias roupas de inverno para colaborar com a campanha "Ajude Aquecer o Anhaia". Os cachecóis que ela confeccionou fizeram o maior sucesso! Os invernos costumam ser bem rigorosos na serra do mar e a Biblioteca do Sítio lançou essa campanha para arrecadar roupas, agasalhos e acessórios de inverno para ajudar os moradores da Estrada do Anhaia.

Dona Josefa, Celly, Marcelo e Edemilson conversando sobre livros.

A Celly conseguiur afofar alguns dos 40 gatos da Dona Josefa, foi uma festa para a gatarada!

Maria Helena, irmã do Edemilson e filha da Dona Josefa, Marcelo, Dona Josefa e Celly na visita ao Sítio Vanessa.

Um comentário:

  1. Foi muito gostoso e gratificante para nós. Algo que realmente não vai sair de nossas memórias. Esperamos um dia voltar e bater papo com as crianças novamente, sempre levando alguma novidade.

    E o nosso muito obrigado para a Daniele, Juliano, Roberto, Edmilson, Maria e dona Josefa. E claro, às crianças e professoras das escolas rurais que participaram da nossa bagunça literária.

    ResponderExcluir