quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Livros holandeses reutilizados

Esses livros foram transformados através de tradução, recorte e colagem para leitores de língua portuguesa pela Juliette Fernandes, brasileira que mora em Zundert (terra natal de Vincent van Gogh) na Holanda. Já escrevi bastante sobre a Juliette por aqui, mas para atender alguns pedidos, coloco as fotos de alguns livros holandeses traduzidos e transformados através de recorte e colagem. Os 14 exemplares você pode ver no Facebook.






Esses livros foram doados para o Projeto Passagens Literárias aqui de Curitiba, como relatamos nesse post, e nesse também. Para saber mais sobre o Projeto Passagens Literárias acesse: Ponto de Cultura Passagens Literárias.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Roupas para alunos da Escola Rural Canhembora

Entre os materiais esportivos e livros que o pessoal da SBEE (Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas) nos doou, também recebemos deles uma caixa de roupas doadas pelas crianças e adolescentes dos grupos de estudos, que participaram doando itens de seus próprios armários. Como eu já sabia que a Professora Anecy estava organizando a festinha de encerramento de seus alunos da Escola Rural Municipal de Canhembora, área rural de Morretes, resolvi enviar essas roupas para lá, e dividir essa generosa doação feita pela SBEE. Essas são as fotos da Professora Anecy no dia da festa de encerramento do ano letivo e a entrega das roupas doadas pela SBEE.

A caixa de roupas que levamos até o Sítio Vanessa. Depois o Edemilson levou de moto até o centro de Morretes, onde o esposo da Professora Anecy passou para buscá-la.
O aluno Osmar observando a camiseta.
O aluno Wagner também ganhou uma camiseta.
Vanderléia ficou elegante com sua roupa nova
A merendeira Odete separando as roupas
Roupas doadas pelas crianças e adolescentes da SBEE

Para ver as fotos da festa dos alunos da Professora Anecy Oncken, você pode acessar esses links: o panetone, o bolo, e as doações feitas por uma empresa de biscoitos. Desejamos que a Professora Anecy, seus alunos e todo o pessoal da SBEE tenham um natal maravilhoso =D

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Mais fotos da festa no Sítio Vanessa

Mais fotos da nossa festinha de encerramento do ano letivo das escolas rurais de Rodeio e Anhaia,  e das atividades esportivas no Sítio Vanessa...

Bolas doadas pela SBEE

Tênis e chuteiras doados pela SBEE

Sítio Vanessa

Kombi chegando com as crianças

Esse pinheirinho havia sido jogado no lixo mas o Edemilson salvou ele, e restaurou para a festinha

Crianças chegando no Sítio Vanessa

Papai Noel feito pelo Edemilson em um dos pilares do gazebo

Carta das crianças e adolescentes da SBEE enviada para as crianças das escolas rurais.

Caderninhos que eu fiz para as crianças das escolas rurais responderem para as crianças e adolescentes da SBEE no ano que vem. Elas poderão desenhar, fazer colagem, escrever, o que quiserem. Os caderninhos ficaram com a professora Rosângela Comunello.

Dona Josefa conversando com as meninas

Dani passando as orientações do evento


Os meninos gostaram bastante das camisas de times

As crianças emprestaram livros para fazerem leituras durante as férias

Edemilson Pereira e as professoras Rosiele Comunello, Rosângela Comunello e Sirlei Apolinário que tornaram a festinha possível

 Juliano comandando a roda de vôlei com os meninos

 O ping-pong improvisado divertiu as crianças

Mais leitura!

Mais fotos no Facebook da Biblioteca do Sítio Vanessa

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

2012 valeu!

Biblioteca do Sítio Vanessa e escolas rurais rumo à Copa 2014 e às Olimpíadas 2016

2012 valeu!

Encerramos o ano letivo de 2012 com um evento para as crianças das escolas rurais de Anhaia e Rodeio no Sítio Vanessa. O Edemilson, dono do Sítio Vanessa, juntamente com as professoras Rosângela, Rosiele e Sirlei nos ajudaram a realizar esse evento. A ideia era colocar em prática as atividades esportivas com o material arrecadado e doado para a Biblioteca, pelas coordenadoras dos grupos de crianças e adolescentes da Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE), através da nossa campanha rumo à Copa 2014 e às Olimpíadas 2016. Apesar da chuva que caiu em Morretes na semana passada, foi possível fazer uma roda de vôlei e as crianças puderam disputar algumas partidas de ping pong. O futebolzinho ficamos devendo, porque o espaço reservado para a partida ficou muito ensopado, e a gente não queria que as crianças voltassem para casa enlameadas.


Conversa sobre a prática de esportes e atividades físicas


Esporte e leitura: a Kethelyn adorou a camiseta verde e amarela e o gibi da Mônica.

Nós apresentamos as camisas dos times que foram doadas, as crianças vestiram as camisetas, e as da seleção brasileira foram as mais disputadas pelas meninas. O verde e amarelo mexe com a criançada. Já os meninos pediram por camisetas do Flamengo, do Coritiba, e do Atlético Paranaense (até tínhamos algumas e eles vestiram as camisas). Também mostramos as chuteiras, e a coleção de revistas do Corinthians para as crianças (doadas pela nossa amiga Silvia Buchalla da Biblioteca Amigo Livro), e mais alguns livros que traziam informações sobre judô, e a vida do Ayrton Senna. Os meninos não são grandes fãs do Corinthians, mas todo mundo folheou as revistas em busca de algum ídolo. Pena que nosso material impresso era bem reduzido, sentimos falta de mais opções de revistas ou livros de esporte para responder as perguntas que elas nos fizeram, mas já foi possível ter uma ideia do que elas mais gostam: vôlei e futebol.  Muitas delas conhecem o Ayrton Senna como "um corredor bem famoso", que era o tema de um dos livros.

Os meninos ficaram empolgados com as camisas de times, as chuteiras e os bonés

O vôlei é unanimidade entre meninas e meninos. Os meninos também gostam de futebol e basquete. Nas escolas da região rural de Morretes não existem aulas de educação física ou atividades esportivas. As crianças me contaram que costumam jogar futebol e vôlei com amigos e primos, em casa, na casa dos amigos e parentes, ou em alguns campinhos próximos de suas casas. Outras crianças chegaram a me relatar que admiram os esportes mas não praticam porque não tem um lugar apropriado ou não tem bola e uma rede de vôlei.


O Juliano se desdobrou para atender as crianças, e além de conduzir a roda de vôlei, também passou umas noções básicas de ping-pong para elas.

Leitura nas Férias



Levamos uma caixa com mais de 120 livros para que as crianças tenham a opção de ler durante as férias. Os livros de dinossauros e animais são os mais disputados entre os meninos, eles gostam de livros relacionados à natureza, com muitas ilustrações de animais selvagens ou domésticos. As meninas adoram livros sobre princesas e de animais também. Os livros mais de "mocinha", numa linguagem pré-adolescente encantam as meninas,e por sorte tínhamos uma coleção desses que foi dividida entre elas. Qualquer livro sobre filhotinhos faz um sucesso enorme entre meninos e meninas, eles adoram. Gibis do Pink e do Cérebro e da Mônica também fizeram bastante sucesso. Os gibis da Turma da Mônica são os mais solicitados, mas desde que iniciamos nossas atividades com a Biblioteca, são também os mais difíceis de conseguir, geralmente é difícil que alguém doe esses gibis. Livros e revistas com atividades para colorir, completar os pontos, com labirintos, e jogos de memória também foram bem solicitados, e nós só tínhamos uns 4 exemplares.  Vamos direcionar nossas arrecadações para esse tipo de material daqui por diante.


Amigo Secreto e Lanchinho


Dani, professora Sirlei e aluninhas 

As professoras aproveitaram a oportunidade e fizeram o amigo secreto das crianças, e também capricharam no lanche: teve brigadeiro, beijinho, docinhos e salgadinhos, além de torta salgada, e suco. O Edemilson e as professoras foram bem cuidadosos com os detalhes, e a gente agradece. Nós aproveitamos o momento e fizemos um sorteio de alguns brinquedos educativos e de um livro de fotografia.

Docinhos! Hummmm!

Juliano, Dani e as crianças

Amigo Secreto

A aluna Camila, e as vizinhas do Sítio, Isabele e Simone

Ping-pong rústico!

Sorteio de presentes e aluno com a camiseta do Atlético Paranaense emprestada

Todo mundo junto!

Agradecemos pela participação e colaboração de todos, professoras, alunos, Edemilson e merendeiras. Agradecemos também aos pais que permitiram que os filhos fossem ao evento.
Obrigada à todos que trabalharam para tornar essa confraternização possível!

Fotos: Juliano Rocha

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Doações de livros da Editora Estronho


Recebemos mais livros doados pelo casal Estronho Celly Borges e Marcelo Amado. Para quem não está lembrado, a Editora Estronho tem um projeto social que contempla bibliotecas comunitárias com doações de livros da editora, e a Biblioteca do Sítio Vanessa foi a primeira a receber essas doações. No inicio desse ano eles estiveram na Estrada do Anhaia, participando de um bate-papo literário com os 54 alunos das escolas rurais de Rodeio e de Anhaia. Também fizeram o sorteio de livros da Estronho e doaram muitos livros de suas coleções pessoais para a Biblioteca do Sítio Vanessa.
Novamente o Marcelo e a Celly nos doaram vários exemplares da Editora Estronho, demonstrando que é possível realizar parcerias entre bibliotecas comunitárias e editoras. Veja como foi nosso encontro com o pessoal da Editora Estronho no blog Bibliotecas do Brasil.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Livros Didáticos


O que são livros didáticos? Do Wikipédia: 

"O livro didático é um instrumento para o professor, pois é nele que está a fonte do conhecimento tanto para quem ensina quanto para quem aprende, contribui para o desenvolvimento e aprendizagem da sociedade, ele não é um livro perfeito que contém todas as respostas, o conteúdo exposto no livro é somente para direcionar o trabalho do profissional".


Vamos descartar o tom sensacionalista da reportagem, e trazer à tona as seguintes questões: 

- Os livros didáticos não são distribuídos da maneira correta, enquanto algumas escolas do Brasil estão queimando livros, outras não chegam nem a recebê-los. As secretarias de educação municipais e estaduais deveriam se comprometer com o recolhimento do material não utilizado, e não deixá-lo na responsabilidade de professores, diretores, funcionários e terceirizados.

- O completo desconhecimento das pessoas em relação ao descarte correto de papel e sobre a reciclagem. Informação e orientações sobre o descarte correto dos livros didáticos devem ser passadas aos funcionários das escolas, independente de serem terceirizados ou não.

Livros didáticos nem sempre servem para serem utilizados fora do contexto pedagógico da sala de aula (numa biblioteca comunitária por exemplo), porque nem toda biblioteca tem recursos para manter uma pessoa capacitada para usar as apostilas, e inserir as crianças leitoras no contexto desse material. Ou a biblioteca comunitária não tem uma sala de referência, onde esse material possa ficar guardado, para consultas e pesquisas futuras, e uma bibliotecária para atender os leitores. É o caso da nossa biblioteca.  Por isso é sempre bom perguntar antes de doar se a pessoa aceita livros didáticos

A BIBLIOTECA COMUNITÁRIA DO SÍTIO VANESSA NÃO ACEITA DOAÇÕES DE LIVROS DIDÁTICOS!

A posição da Biblioteca do Sítio Vanessa é a seguinte: - Mesmo que a gente tenha pena de mandar os livros didáticos para a reciclagem, e perceba que eles são muito bem ilustrados, e que possam servir como material para oficinas e atividades recreativas, nós não fazemos uso desse material. Nossos eventos têm outro formato, e os livros que levamos para as crianças são livros de literatura, para consumo imediato. Não desenvolvemos nenhum projeto para "salvar" livros didáticos, pois esse não é o nosso trabalho. Nós não recebemos doação de livros didáticos por falta de espaço, não temos sala de referência, e principalmente porque não existe procura pelos livros didáticos.

Os mais de mil livros da Biblioteca do Sítio Vanessa ficam dentro de um armário dentro de uma casa localizada em uma área rural. Os empréstimos são para as pessoas da família, os vizinhos, pessoas da comunidade, visitantes, amigos, colegas, e assim por diante. Não tem uma bibliotecária. Não tem sala de referência. É uma biblioteca de uso coletivo, porém doméstica, sem condições de ter uma sala com livros de referência e bibliotecária. Bem explicadinho assim para que fique claro mesmo.

As pessoas que têm acesso à grandes quantidades de livros didáticos, e que gostariam de se desfazer desse acervo, não queimem esses livros. Procurem uma entidade que aceite esse material na sua cidade, mas PERGUNTE ANTES se eles aceitam esses livros. Telefone, pergunte, entre em contato por email, pelo Facebook, pelo Twitter, converse com as pessoas que trabalham nesses locais. 

Entre em contato com a secretaria municipal e com a secretaria estadual de educação da sua região, e peça orientação sobre o descarte de livros didáticos. Não jogue livros didáticos no lixo, nem queime, encaminhe para a reciclagem. 

Nós soubemos de uma diretora de um colégio aqui em Curitiba, que colocou 3 toneladas de livros didáticos em um ônibus que não serão usados pelos alunos no ano quem vem, e enviou para a reciclagem. Ela deve ser punida por causa disso, ou o problema é mais embaixo? Reflitam.

Os barracões de reciclagem de Curitiba - Projeto Ecocidadão - espalhados por vários bairros da cidade aceitam esse tipo de material. Encaminhe para os barracões, pois eles se transformam em renda para os catadores de material reciclável cooperados. Entre no site Rota da Reciclagem e veja qual é o local mais próximo da sua casa, onde você possa entregar seu material reciclável.

Leia mais sobre livros didáticos

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Cartas da Biblioteca Amigo Livro ao Papai Noel dos Correios

As crianças que frequentam a Biblioteca Amigo Livro de Guaratuba no litoral do Paraná, coordenada pela nossa amiga Silvia Buchalla participaram de uma atividade muito divertida nesse final de semana: ela escreveram cartinhas ao Papai Noel dos Correios. Incentivadas pela Silvia e pelos colaboradores da biblioteca, as crianças enfeitaram, coloriram, desenharam e escreveram seus desejos ao Papai Noel. E o mais interessante dessa ação é que qualquer pessoa pode colaborar. Quem estiver em Guaratuba, ou de viagem marcada para o litoral nos próximos dias, pode se encaminhar até a agência dos Correios, e adotar uma cartinha.


A página do evento no Facebook diz o seguinte:

Papai Noel dos Correios 2012 - Guaratuba: "Você já participou do Projeto Social Papai Noel dos Correios? Você pode ser um padrinho ou madrinha adotando uma cartinha e tornando o natal de uma criança mais feliz! Transmita o sentimento de solidariedade! O projeto está alinhado a um dos objetivos do milênio que é "Educação para Todos" e incentiva a escrita, redação, filatelia, endereçamento, etc. A Agência dos Correios de Guaratuba, com o apoio da Secretaria de Educação está vinculando o projeto à Escola Municipal Heinz Wittitiz - Guaratuba/PR. Contamos com o calor do coração do povo Guaratubano! E caso você não esteja em nossa cidade, procure a Agência dos Correios da cidade!"
Veja as fotos da Silvia, a criançada caprichando nos pedidos...


Transporte solidário: Nós temos duas caixas de livros para enviar a Biblioteca Amigo Livro, e estamos procurando uma pessoa voluntária que se comprometa a fazer o transporte desses livros até Guaratuba. Nosso email para contato: bibliotecadositio@gmail.com (Daniele e Juliano). Se você estiver pensando em descer para o litoral agora em dezembro, considere essa iniciativa solidária, e colabore conosco para fazer essas caixas de livros chegarem até os leitores da Biblioteca Amigo Livro. Contato com a Silvia: silhb@terra.com.br

Agência  dos Correios de Guaratuba

Avenida Ponta Grossa, nº 194.
Telefone: (41) 3442-1973
Centro - Guaratuba - PR
Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta: Das 9h às 17h


Visite nossa página dedicada a Biblioteca Amigo Livro e o Facebook da Biblioteca do Sítio Vanessa.
Fotos: Silvia Buchalla (Biblioteca Amigo Livro)

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Cartinhas para o Papai Noel

Vocês já nos viram escrever bastante sobre a Professora Anecy e seus alunos da Escola Rural Municipal de Canhembora, localizada na comunidade de Candonga em Morretes/PR. Hoje nós divulgamos no blog Bibliotecas do Brasil as cartinhas que os alunos da Professora Anecy escreveram para o Papai Noel. São pedidos bem bacanas de presentes que elas esperam ganhar do Papai Noel nesse Natal.

E você pode ajudar adotando uma das cartas que as crianças escreveram, ou colaborando com itens para essa ação solidária. As pessoas interessadas podem doar os produtos pedidos pelos alunos nas cartas para as cestas que serão montadas e entregues, entrando em contato com a professora Anecy pelo email aneoncken@yahoo.com.br. 

Os pedidos variam entre brinquedos como bolas, pipas, bonecas, adesivos, bijuterias, material de higiene pessoal e também itens para a ceia natalina de cada uma das crianças. Os presentes serão entregues no dia 14 de dezembro de 2012. Acesse o blog, leia as cartinhas e participe.

*Saiba mais detalhes sobre o Natal Rural Solidário da Professora Anecy para as crianças do Canhembora.

Foto: Vintage Holiday Crafts

sábado, 24 de novembro de 2012

Mediadores de leitura do projeto Passagens Literárias

Durante os meses de outubro e novembro nós fizemos o curso de Mediadores de Leitura do ponto de cultura Passagens Literárias da Fundação Sidónio Muralha.

Priscila Angélica, ministrante do curso de mediadores de leitura e os livros holandeses que doamos com a ajuda da Juliette Fernandes, e as blogueiras do Entre Mulheres e Letras

Essa estante é um carrinho que a Priscila faz circular pela Rodoferroviária de Curitiba, proporcionando um momento de leitura aos passageiros que aguardam o embarque. 

Juliano e o carrinho-estante onde os livros holandeses serão emprestados aos passageiros da rodoviária de Curitiba

O Passagens Literárias é um projeto de incentivo à leitura realizado pela atriz e contadora de histórias Priscila Angélica Sehnem na Rodoferroviária de Curitiba, todas as sextas-feiras (exceto nas vésperas de feriados), das 19h às 22h. A Priscila circula pelo saguão de embarque da rodoviária com esse carrinho-estante, com vários livros selecionados cuidadosamente por ela, para proporcionar momentos de leitura às pessoas que aguardam seus ônibus. Enquanto esperam, as pessoas podem escolher o livro que querem ler, emprestam e devolvem na hora de embarcar.

São livros de literatura brasileira e estrangeira, livros de poesia, contos e crônicas, de filosofia e muitos livros infantis. Além de instigar os passageiros a emprestarem livros, a Priscila também faz contação de histórias. É muito bacana acompanhar esse trabalho de perto, e quem quiser conhecer a Priscila e o carrinho-estante pode dar uma passada na Rodoferroviária de Curitiba até o dia 14 de Dezembro, toda sexta-feira, no horário já citado. 

Nessa sexta-feira (23/11) acompanhamos o trabalho dela e da Paula Schuartz (estudante de Filosofia e nossa colega no curso de mediadores que colabora com o projeto). As crianças ficaram simplesmente encantadas com os livros holandeses. Vi muitos adultos com eles nas mãos também. É muito bacana poder testemunhar esse momento de cuidado com o outro, de humanização em um lugar totalmente decadente, e agora ainda mais bagunçado porque está em reforma. 

Os leitores também são convidados a preencher um cartão postal do projeto Passagens Literárias, fornecido pela Priscila, para que escrevam uma mensagem, uma frase, ou uma poesia, e que enviem de suas cidades para a Fundação Sidónio Muralha, como carta social. Assim as pessoas além de serem incentivadas a ler enquanto esperam o embarque na rodoviária, também são incentivadas a escrever e se corresponder. 

Projeto Passagens Literárias
Toda sexta-feira (exceto nas vésperas de feriados) até dia 14 de dezembro/2012, das 19h às 22h. Depois  do dia 14 o projeto entrará em férias. A Fundação Sidónio Muralha e  voltará às atividades no dia 7 de janeiro/2013.
Email para contato: passagensliterarias@gmail.com
Site da Fundação Sidónio Muralha: Philosletera

Fotos: Daniele Carneiro e Juliano Rocha