terça-feira, 5 de julho de 2011

Voltei com tudo para as minhas leituras.

Ter montado a Biblioteca Comunitária Sítio Vanessa com o Juliano e o Edemilson me deu novo fôlego para voltar aos meus livros empacados. Retomei a leitura de livros que pelos mais variados motivos larguei pela metade. Incrível como essa iniciativa refletiu no meu estado de espírito para voltar a ler com uma frequência mais produtiva. Agora eu sei que algumas pessoas lá do Cabrestante em Morretes estão esperando pelos nossos livros, e que poderão emprestá-los com o Edemilson, assim que repassarmos para o Sítio. Assim como os livros que já enviamos e que já podem ser emprestados.

Achei que eu teria fôlego para procurar amigos e incentivá-los a doarem seus livros que já não são mais usados, que já foram lidos e agora estão parados em suas estantes e prateleiras, mas me enganei. Eu acabei despertando para os meus próprios livros. A maioria deles comprados há 2 ou 3 anos, e que ainda não foram lidos, ou foram lidos pela metade, e deixados de lado, por inúmeros motivos, nenhum digno de nota.

Tenho uma nova inspiração, um novo incentivo para voltar a ler como gosto, sem ficar me enrolando. Não tenho mais motivo para desculpas ou qualquer sinal de preguiça, porque esses livros não voltarão mais para a minha estante criar pó, envelhecer, ou ficar para o tesouro familiar das futuras gerações. Livros são para circular e serem lidos pelo maior número de pessoas. Agora!

Ainda mais com todas as paisagens maravilhosas daquele cantão de Morretes, o silêncio perfeito para a leitura (que na verdade de silêncio não tem nada, afinal a gente escuta os pássaros, o correr gostoso das águas dos rios, os animais...são tantos que alguns nem chegamos a identificar, e tem também a presença calma das montanhas próximas). Esticar um pano naquele gramadão e ler. Ler até dormir, acordar com o sonzinho gostoso do rio. Ler mais um pouco, caminhar, tão bom!

Se você conhece o Edemilson Pereira, lá do Sítio Vanessa de Morretes, peça um livro emprestado à ele. Agora ele tem uma bibliotequinha lá (pequenina ainda, mas vai crescer, você vai ver), e terá o maior prazer em te emprestar um livro. Se você por enquanto está sem tempo para ler, mas gostou da idéia, conte para seus amigos, vizinhos, colegas, parentes. Vai que lá tem algum livro que lhe interessa? Boa distração para passar esses dias de frio e chuva! Aproveita e dá um "Curtir" na nossa página do Facebook.

Boa semana à todos e boas leituras.

:-D


0 comentários:

Postar um comentário